Pesquisas Eleitorais

 
Encontre aqui sua Pesquisa
Pesquisa

 Cenário para o segundo turno está indefinido. Candidatos estão empatados e, neste momento, sem tendência visível de crescimento ou queda para Aécio ou Dilma

16/10/2014

​O IBOPE Inteligência realizou, entre os dias 12 e 14 de outubro, nova pesquisa sobre o segundo turno presidencial, a pedido da TV Globo. Em relação à pesquisa da semana anterior, não há alterações significativas: os dois candidatos permanecem empatados tecnicamente, sendo que as intenções de voto em cada um dos candidatos oscilam negativamente um ponto percentual (p.p.): o senador Aécio Neves (PSDB) apresenta agora 45%, enquanto a presidente Dilma (PT) tem 43%. Brancos e nulos somam 7% e outros 5% estão indecisos (oscilação positiva de 1 p.p. nos dois casos).

Votos válidos: Aécio 51% X Dilma 49%
Levando-se em conta somente os votos válidos, isto é, excluindo o percentual de indecisos e de intenção de voto em branco ou nulo, Aécio e Dilma têm o mesmo percentual observado na semana anterior: o peessedebista apresenta 51% das intenções de voto contra 49% da petista.
 
Destaques por segmentos
Os candidatos se destacam positivamente nos mesmos segmentos em relação ao observado anteriormente, embora com menor intensidade quando comparado à rodada passada.
 
Aécio permanece com mais simpatizantes entre entrevistados com curso superior, na região Sul (segmentos em que vai de 61% para 53% nesta rodada) e entre os que declaram renda familiar superior a cinco salários mínimos (em que cai de 63% para 59% das intenções de voto).
 
Dilma, por outro lado, obtém seu melhor desempenho entre eleitores que cursaram até a 4ª série (52% das intenções de voto, 3 p.p. a menos que na semana passada), entre aqueles cuja renda familiar é de até um salário mínimo (vai de 58% para 54% neste grupo) e entre eleitores da região nordeste (56%, 3 p.p. a menos).
 
Movimentação do eleitorado de Marina Silva
Entre os eleitores brasileiros que declaram ter votado em Marina Silva (PSB) no primeiro turno, 60% declaram intenção de votar no candidato do PSDB (na semana passada, eram 64%), contra 16% que pretendem votar em Dilma (2 p.p. a menos).
 
Intenção de voto espontânea
Espontaneamente, ou seja, sem a apresentação do disco com os nomes dos dois candidatos, 42% dos eleitores mencionam Aécio, mesmo percentual dos que têm intenção de votar em Dilma. As citações a Dilma permanecem na mesma proporção, enquanto as menções a Aécio oscilam negativamente 2 p.p.. Aqueles com intenção de votar em branco ou nulo totalizam 7%, outros 8% não sabem ou não opinam.
 
Expectativa de vitória
Independentemente de suas intenções de voto, 47% dos entrevistados creem na reeleição de Dilma (oscilação negativa de 2 p.p.), contra 41% que apostam na vitória do peessedebista (1 p.p. a mais que na semana passada).
 
Avaliação do governo da presidente Dilma
A avaliação da atual administração federal melhora ligeiramente em relação ao observado na semana passada: 43%  do eleitorado avalia o governo Dilma Rousseff como ótimo ou bom (crescimento de 4 p.p.), 31% como regular e 25% como ruim ou péssimo. A maneira com que Dilma vem administrando o Brasil é aprovada por 54% (crescimento de 5 p.p.), ante 40% que a desaprovam (queda de 4 p.p.).  

Selecione uma das opções abaixo para ver os resultados detalhados.

 

Rodada atual                         Histórico de Rodadas


                       

  

Período de campo: a pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 14 de outubro de 2014.
Tamanho da amostra: foram entrevistados 3010 eleitores.
Margem de erro: a margem de erro estimada é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%.
Solicitante: pesquisa contratada pela Globo Comunicação e Participações S/A.
Registro: registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo nº BR-01097/2014.
Data de Publicação:16/10/2014